Seg - Sex 9h às 13h - 15h às 21h | Sab 9h às 13h acsm@marteleira.com
Rua do Paraíso Nº 8 | 2530 - 376 Marteleira (+351) 261 412 391

Consultas de Psicologia


1. APOIO PSICOPEDAGÓGICO

Aprender nem sempre é uma tarefa fácil. Ao longo do caminho da aprendizagem, podem surgir obstáculos significativos que podem comprometer o rendimento e o sucesso escolar do aluno. Quando essas dificuldades se instalam e os pais sozinhos já não conseguem contorná-las, é o momento de agir e de procurar soluções.

PROCURAR AJUDA… MAS QUANDO?

  • O rendimento escolar está comprometido;
  • O aluno está perdido nos seus métodos de estudo;
  • Existe baixa autoestima escolar;
  • Existem muitas negativas;
  • Existe falta de organização;
  • Há queixas e preocupações acentuadas por parte dos professores;
  • Os pais sozinhos já não conseguem ajudar;
  • Não há rotinas consistentes nas tarefas escolares;
  • Ausência de motivação escolar;
  • Dificuldade em aprender estratégias de aprendizagem eficazes;
  • O aluno não quer ir à Escola e não revela qualquer interesse.

COMO?

Recorrer ao Apoio Psicopedagógico não é um sinal de fracasso, mas sim, uma decisão corajosa, consciente e madura. É importante que pais e filhos saibam que não estão sozinhos neste processo, e que existem soluções e estratégias que podem ser adotadas. O Apoio Psicopedagógico vai ajudar o aluno a superar as dificuldades sentidas e, acompanhá-lo durante o seu percurso até voltar a atingir sucesso escolar.

O ponto de partida passa pela escuta ativa aos pais, ao aluno e aos professores, com o objetivo de compreender a raiz das dificuldades que conduziram o aluno ao insucesso. A partir desse conhecimento aprofundado, define-se o plano de intervenção a aplicar ao aluno, em função das suas características psicológicas, escolares e emocionais, entre outras.

Os pais não são esquecidos e recebem estratégias para lidar com o aluno em casa, pois, são fortes aliados no sucesso do plano psicopedagógico a implementar.

OBJETIVOS:

  • Promover uma atitude positiva perante o estudo;
  • Promover a motivação e capacidade de resiliência;
  • Estimular a atenção e concentração;
  • Estimilar a responsabilidade e a autonomia;
  • Melhorar a relação da triade: aluno / escola / família;
  • Melhorar os métodos de estudo;
  • Otimizar a organização do tempo;
  • Preparar o aluno para testes e exames através do controlo da ansiedade;
  • Estimular a inteligência;
  • Desenvolver a capacidade de raciocínio verbal e matemático;
  • Treinar a memória;
  • Planificar o estudo de forma eficaz;
  • Promover a autoconfiança e a autoestima;
  • Entre outros.

2. ORIENTAÇÃO VOCACIONAL

Como o próprio nome indica, uma orientação vocacional, procura direcionar o aluno em momentos chave do seu percurso escolar, nomeadamente, no 9º e 12º ano em há uma imposição de escolha no futuro escolar a seguir.

Nestes momentos há sempre muitas dúvidas, já que o aluno nem sempre conhece a fundo as opções disponíveis em termos de cursos, qual a realidade do mercado de trabalho e nem sempre tem a consciência das suas dificuldades, competências e qualidades.

Uma Orientação Vocacional dará muitas respostas às perguntas, dúvidas e incertezas dos alunos.

Como se processa?

O que contém o relatório?

  • Autoimagem do aluno;
  • Qualidades, interesses e competências do aluno;
  • Resultados dos testes e questionários vocacionais;
  • Cursos disponíveis e seu funcionamento;
  • Instituições de ensino e formação;
  • Saídas profissionais;
  • Conhecimento das profissões;
  • Exercícios / tarefas que ajudam o aluno a tomar decisões;
  • Consciencialização para a mudança.

3. ORIENTAÇÃO VOCACIONAL + COACHING

Após uma Orientação Vocacional, há alunos que continuam a revelar dificuldades na escolha mais adequada em função do seu perfil pessoal e das opções vocacionais que têm ao seu dispor.

O Coaching aliado a uma Orientação Vocacional, conduzirá o aluno a descobrir o que realmente lhe interessa e motiva, para assim, ir ao encontro das suas expectativas atuais e futuras, tanto profissionais como pessoais.

No processo de Coaching serão realizados exercícios práticos acompanhados de perguntas, que ajudarão o aluno a descobrir a sua missão de vida, os seus valores, o conhecimento e o desenvolvimento de capacidades e habilidades para que encontre dentro de si as respostas às suas perguntas.

É incentivado a responder a algumas questões como: O que quer para o futuro? Como se vê daqui a 5, 10 anos? Qual estilo de vida que quer levar? Quais as expectativas perante a sociedade? Qual a importância que quer ter na sociedade?  Qual o impacto profissional que quer ter no mercado de trabalho? Entre outras…

Será assim que o aluno vai alcançar as respostas necessárias para por em prática o seu plano de ação a curto e médio prazo, para alcançar o desempenho profissional desejado a longo prazo.

4. COACHING

O que é?

O Coaching visa o alcance da realização pessoal em várias áreas da vida da pessoa, através da determinação clara de metas e objetivos a alcançar para promover a mudança. É um processo que se foca no que se quer atingir e não no que se quer evitar.

 Como?

Através do acompanhamento profissional a pessoa toma consciência, não só, das suas limitações e condicionamentos, mas também, dos recursos e competências existentes e a desenvolver. Define-se ainda, um plano de ação estruturado e viável a ser concretizado no tempo, com estratégias claras e definidas para a pessoa ultrapassar os seus problemas e alcançar os seus objetivos.

 O que pode ser alcançado?

  • Clarificação de objetivos pessoais e profissionais;
  • Melhoria das habilidades de comunicação;
  • Crescimento da independência financeira e segurança;
  • Equilíbrio trabalho vs. vida pessoal;
  • Incentivo ao empreendorismo ;
  • Promoção da autodescoberta;
  • Estimulo do potencial infinito;
  • Bem-estar pessoal e melhor autoestima;
  • Entre outros focos importantes.

Para quem?

  • Para quem quer deixar de ser espetador e passar a ser realizador da sua própria vida;
  • Para quem quer deixar de dizer “devia fazer” e quer “passar a fazer” ;
  • Para quem quer aumentar a fasquia nos vários prismas da sua vida;
  • Para quem quer dar passos em frente mais consistentes e convictos.

4.1. COACHING EDUCATIVO

O Coaching Educativo permite a famílias e docentes, desempenhar no seu dia-a-dia um conjunto de tarefas e abordagens que visam aumentar a motivação dos alunos, bem como, promover o índice de confiança individual na capacidade de contornar os obstáculos que a educação traz no dia-a-dia.

O Coaching Educativo incentiva a que as famílias obtenham ajuda na educação dos seus filhos e que os docentes aumentem o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

O Coaching Educativo permite:

  • Melhoria do plano cognitivo;
  • Melhoria na gestão das emoções;
  • Desenvolvimento de novas habilidades;
  • Estimulação das capacidades criativas e de liderança dos alunos;
  • Melhoria da relação escolar;
  • Vinculação de qualidade entre Escola / Alunos / Família;
  • Promoção do papel do aluno como parte ativa no seu processo educativo;
  • Promoção do encontro de soluções criativas para a resolução dos problemas;
  • Desenvolvimento da paixão pela aprendizagem
  • Desenvolvimento de valores, regras e visão escolar;
  • Melhoria da comunicação;
  • Entre outros objetivos.

5. JORNADAS DO CONHECIMENTO

Nos últimos anos organizámos mais de duas dezenas de Jornadas do Conhecimento, direcionadas a Pais e Profissionais da área da Educação. Os temas têm o foco principal na área da Educação e da Psicologia.

Se quiser receber informação sobre as Jornadas do Conhecimento, indique-nos o seu email, teremos todo o gosto em partilhar a divulgação consigo.

6. À CONVERSA COM…

Todos nós já passámos por fases nas nossas vidas em que nos deparamos com o sentimento de impotência perante as dificuldades que aparecem no nosso caminho. Sejam elas por motivos de dinheiro, saúde, emprego, escola, família, amigos, amor, a verdade é que, a vida impõe-nos desafios para ultrapassar e seguir em frente.

E quantas vezes já pensou recorrer a um profissional nas áreas da Psicologia e da Educação apenas para receber um aconselhamento pontual, sem a obrigação de continuar a ser seguido por esse profissional?

O que pretendemos em À CONVERSA COM… é exatamente isso. Ouvir atenciosamente a preocupação da PESSOA sobre qualquer situação do foro psicológico ou educativo. Quer seja para si próprio, para os seus filhos, ou até mesmo para um familiar ou amigo, a PESSOA pode receber um aconselhamento profissional sem a obrigação de continuidade.

Por vezes, o que mais precisamos é de um aconselhamento de fora para dentro que ajude a pensar e assim, encontrar as soluções que temos dentro de nós. Ouvir e ser ouvido é o ponto de partida que lhe proporcionamos com esta consulta.

7. NEWSLETTER REFLETIR

De forma simples e prática, abordamos temas na área da Psicologia e da Educação através da distribuição da Newsletter REFLETIR. Pode adquiri-la gratuitamente na ACSM, ou, se preferir,  indique-nos o seu email, teremos todo o gosto em partilhar a Newsletter consigo.

PREÇÁRIO

APOIO PSICOPEDAGÓGICO 40€
 ORIENTAÇÃO VOCACIONAL  150€
 ORIENTAÇÃO VOCACIONAL + COACHING  150€ + 40€ cada sessão Coaching
 COACHING  40€
 JORNADAS DO CONHECIMENTO  10€
 À CONVERSA COM…  40€